O que eu planto nessa fazenda? Sabres de luz, meu filho

Isso aí é uma fazenda de lâmpadas fosforescentes. Que não estão ligadas em nenhuma tomada.

Lindo, não? Isso é uma obra de arte. Não, sério, obra de arte tipo arte, criada pelo artista Richard Box, que passou um tempinho estudando física. O nome da “instalação” (nunca o termo foi tão apropriado) é FIELD. Mas poderia ser A colheita dos Jedis ou Sementes de Pylons (dos Protoss). Explica Box:

“Um tubo fluorescente brilha quando uma voltagem elétrica cruza-o inteiro. Um campo elétrico dentro do tubo excita os átomos de gás mercúrio, fazendo-os emitir luz ultra-violeta. Essa luz invisível ataca a camada de fósforo no tubo de vidro, fazendo-o brilhar. Como as grandes redes elétricas têm tipicamente 400 mil volts, e a Terra tem uma voltagem de zero volts, uma corrente elétrica é criada entre os cabos da rede elétrica e o chão.”

Tentem fazer isso em casa, amiguinhos. E tirem uma foto pra provar que funciona.

Advertisements

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s